Sermão DAVID BAKER _ School of Life

 

Tecnologia e Humanidade

 

  1. 1.    Nós perdemos o nosso sentido pessoal de poder (DB)

(Minhas anotações) A tecnologia diminui o nosso poder como seres humanos, no sentido de dependermos dela para desempenhar tarefas que até então fazíamos sem nenhum problema. No sentido de nos tornar preguiçosos e nos fazer pensar menos.  Precisamos buscar soluções para os nossos desafios dentro de nós mesmos e não no google. Por isso a importância do auto conhecimento, de conhecer nossas ferramentas internas.

União da tecnologia com o nosso cérebro, onde a tecnologia é apenas uma ferramenta. Não estabelecer uma relação de dependência e/ou escravidão.

A tecnologia nos permite arriscar novas ideias, a diminuir o tempo entre as coisas. Mas precisamos nos conectar face a face.

  1. 2.    Nós perdemos o poder de lentidão (DB)

 (Minhas anotações) Entramos numa corrida com as máquinas. O mundo digital nos empurra, fazendo com que tendamos a pensar a curto prazo. Desvalorizando o passado e o futuro. Precisamos ter juizo para perceber quando ir mais devagar.

  1. 3.    Nós desvalorizamos o pensamento complicado (DB)

 (Minhas anotações) Os aparelhos nos dão a resposta. Precisamos atuar entre duas maneiras de pensar: de forma rápida e devagar para resolver problemas complexos. Isso me lembrou o filme ela, em que o sistema operacional tinha insights pelo ser humano.

  1. 4.    Nós nos tornamos estreitos em nosso pensamento (DB)

 ( Minhas anotações) Corremos risco de diminuir nossa visão de mundo, ficamos na zona de conforto, “zonas de filtro”, onde o sistema nos coloca dentro de bolhas, de acordo com nossas buscas, nossos likes. Matamos a descoberta casual. Precisamos pesquisar e atuar fora da bolha.

  1. 5.    Nós perdemos a alegria da imperfeição (DB)

(Minhas anotações) A ubiquidade da tecnologia não valoriza o erro. Ser meticuloso no sentido artesanal precisa de tempo. É resultado da prática. Estamos perdendo a capacidade de ser artesãos.

Dica de livro: The Craftsman_ Richard Sennet

  1. 6.    Nós perdemos a nossa privacidade (DB)

(Minhas anotações) A inter comunicação não vai funcionar se não dividirmos as coisas (públicas e privadas). Estamos chegando na época da “internet das coisas”. Estamos a perigo de renunciar a nossa privacidade com o fim da divisão entre público e privado. É importante saber controlar quem gostaríamos que soubesse sobre as nossas vidas.

 Questionamentos: O que motiva as pessoas a trabalharem de graça, tipo no wikipedia? Não é remuneração que valoriza o funcionário, é autonomia. Precisamos ser autônomos para nos sentirmos felizes.

 AUTONOMIA
MAESTRIA
FINALIDADE

Falta de privacidade prejudica a autonomia. O curto prazo prejudica a finalidade.

 COMO REDUZIR O PODER DA TECNOLOGIA SOBRE NÓS

 Retrair: nos afastando do mundo digital (always on). Podemos desinventar isso. Essa não é a melhor maneira de viver a vida. Vamos tentar nos desligar. Olha o email 2 vezes por dia. Não utiliza o celular como despertador. Viaja e fica sem internet.

 Refletir: Como queremos que nossas vidas sejam? Reconectar com o mundo real, com objetos reais. O que é realmente importante pra ti. Não o que o sistema diz ser importante.

 Regressar: Ver a tecnologia de uma maneira nova, enxergando como uma ferramenta. Não precisamos de tudo o que nos oferecem. Pra que esse monte de aplicativos?

 O cérebro é o mais poderoso sistema operativo que temos.

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: